Dawkins, O homem que inventou os memes

  • Home
  • Dawkins, O homem que inventou os memes

Origem

Muitos não sabem, mas o termo “meme” surgiu muito antes da internet. Na verdade, quem cunhou o termo foi Richard Dawkins, ainda na década de 1970, em seu livro O Gene Egoísta. O etólogo e biólogo evolutivo se utiliza do termo para fazer uma analogia ao gene em um dos capítulos do seu livro. Para o autor, a evolução humana não depende apenas de nossa bagagem genética (nossos genes) mas também, depende de uma bagagem cultural e, para que o termo se aproximasse do primeiro em questão de fonética, ele se utiliza da palavra “mimeme" (do grego, imitação) e retira apenas a primeira sílaba.

De acordo com a definição de Dawkins, um meme poderia ser qualquer ideia, comportamento ou tendência que tem a capacidade de transmitir-se de pessoa para pessoa através da imitação ou da nossa herança cultural. Por isso, o conceito de deus, a música parabéns para você e até a moda, são utilizados pelo autor como exemplos de memes.

Difusão e Repercussão

Atualmente, o termo “meme” foi ressignificado até virar o que conhecemos como o meme de internet. No meio virtual qualquer imagem, vídeo, bordão, hashtag ou áudio está sujeito a virar um meme, basta que os usuários se apropriem e façam alterações na mídia original.

Gênero & Formatos

Nem Dawkins, o grande pai dos memes, conseguiu fugir de sua criação, virando ele próprio um meme de internet.

Seus memes geralmente satirizam a banalização do termo e trazem, principalmente, frases onde ele “corrige” os usuários de comunidades virtuais ou mostra-se decepcionado com a interpretação que as pessoas tiveram a partir do seu conceito original. Alguns poucos exemplos encontrados também brincam com sua visão radicalmente ateísta.

Os memes do Dawkins funcionam no formato de image macro – com a tradicional fonte Impact branca e outline preta – e alguns trazem referências de outros memes famosos como o Hipster Glasses e o Scumbag Steve.

Ficha técnica

Dawkins, O homem que inventou os memes

Criador(a)
Richard Dawkins
País de Origem
Quênia
Período de Circulação
1970
Plataforma
Twitter
Formatos
Image Macro
Mídia
Imagem
Referências

Exemplos Notáveis

Sobre o(a) curador(a) desta coleção
Dandara Bolada
0 entries
0 comments
Name
Dandara Magalhães
About / Bio
Dandara Bolada é mestre e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFF (PPGCOM-UFF), pesquisadora associada do coLAB-UFF e membro do #MUSEUdeMEMES desde sua graduação, quando foi bolsista de extensão do projeto. Como bondosa presidenta dessa nação memética, pesquisa de que forma atores políticos de regimes conservadores censuram a produção de humor em plataformas de mídias digitais. Soberana e poderosa, a Bolada é rainha o resto nadinha. VLWS FLWS
Logo

About Us

Get Consultation

Contact Us