Eventos Fake no Facebook

  • Home
  • Eventos Fake no Facebook

Origem e Difusão

Ao contrário do que muitos podem pensar, os memes não são apenas imagéticos. Há muitos memes não imagéticos espalhados por aí, sendo um dos mais populares as hashtags. Um exemplo de meme não imagético que ganhou grande visibilidade no ano de 2014 foram os eventos criados na rede social Facebook.

Quem utiliza o Facebook pôde perceber que no meio do ano de 2014 muitos de seus eventos, que tinham como intenção inicial chamar pessoas e divulgar atrações (de aniversários a festas regionais), começaram a se desviar desse sentido inicial e a serem usados para coisas diversas, muitas vezes impossíveis e em grande parte com grande potencial cômico.

Um dos primeiros registros desta tendência foi um evento criado para a “despedida da presidente Dilma Rousseff“, marcada para o dia da eleição presidencial. O que tornou o evento especialmente popular foi o fato de que, apesar de ele ser, em teoria falso, trazia de forma implícita uma discussão da época, além de brincar com a linguagem que os criadores de eventos geralmente usam. Alegando que

“Por ser uma festa consciente, não teremos bebidas alcoólicas. E, por favor, não beba no dia anterior: vai que, no dia de nossa festa, você esteja de ressaca e não se lembre de nada do que ocorreu nos últimos 3 anos e meio e vota na nossa querida Dilma? Não queremos mais 4 anos dela, né?”

Os eventos que vieram em seguida, seguiram o mesmo padrão, embora nem todos trouxessem assuntos sérios em pauta. A grande maioria dos eventos “fake" é precedida por uma palavra-chave ou expressão que os associa a um típico evento real, como “Mesa redonda”, “Passeata”, “Reunião” e “Festa”.

Os eventos “fake" do Facebook se tornaram um meme!

O nome do evento em si, porém, destaca algo absurdo ou irreal, como “Evento para saber de tudo e deixar de ser inocente”. Muitas vezes, tais eventos parodiam aspectos da cultura popular, como a “Mesa redonda para discutir se a lenda dessa paixão faz sorrir ou faz chorar”.

Discussão Pública do Meme

O sucesso desses eventos é motivado pelas pessoas que apreendem o humor por trás do título e confirmam presença. Os mais bem sucedidos tinham assuntos variados, que envolviam principalmente letras de músicas e programas de televisão ‐ em sua maioria dos anos 1990 ‐, outros memes, comerciais de televisão e política.

Outra característica marcante, é que os criadores de tais eventos procuram sempre colocar na data, item obrigatório para a criação de um evento, uma muito distante para que sua brincadeira possa durar mais tempo.

Ficha técnica

Eventos Fake no Facebook

Criador(a)
Desconhecido
País de Origem
Brasil
Período de Circulação
2014
Plataforma
Facebook
Formatos
Evento
Mídia
Imagem e texto
Referências
Sobre o(a) curador(a) desta coleção
Dandara Bolada
0 entries
0 comments
Name
Dandara Magalhães
About / Bio
Dandara Bolada é mestre e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFF (PPGCOM-UFF), pesquisadora associada do coLAB-UFF e membro do #MUSEUdeMEMES desde sua graduação, quando foi bolsista de extensão do projeto. Como bondosa presidenta dessa nação memética, pesquisa de que forma atores políticos de regimes conservadores censuram a produção de humor em plataformas de mídias digitais. Soberana e poderosa, a Bolada é rainha o resto nadinha. VLWS FLWS
Logo

About Us

Get Consultation

Contact Us