Hotline Bling

Origem

Drake é um rapper canadense, de 29 anos, que vem se destacando no cenário musical devido às suas singularidades em torno de suas criações. Seu rap se caracteriza por ser mais melódico, e o artista utiliza-se da estética de “sad boy” para compor seu estilo e suas letras.

Foi em 2014 e, especialmente, em 2015, que o cantor cresceu demasiadamente no mercado, alcançando assim maior popularidade e se transformando em um ícone da música norte-americana (alcançando o segundo lugar no “Billboard Hot 100”).

Mesmo com todo o sucesso que o cantor vinha alcançando, o viral “Hotline Bling” foi o momento decisivo de seu apogeu na internet.

O single foi lançado em 31 de julho de 2015, tendo sido escrito pelo próprio Drake e produzido por Nineteen85. A música ficou disponível somente em plataformas digitais, enquanto que seu clipe se mostrou como um trunfo para impulsionar a popularidade de Drake.

O vídeo foi financiado pela Apple Inc e lançado no dia 19 de outubro de 2015, através da Apple Music. O Director X, inspirado pelo trabalho artístico minimalista do artista plástico James Turrell, foi o responsável pela direção do vídeo.

O clipe repercutiu em larga escala pela internet. No dia de seu lançamento, o vídeo foi twittado mais de 324.000 vezes e a hashtag #HotlineBling foi usada mais de 146.000 vezes no Instagram. O videoclipe ficou muito famoso no Facebook, onde obteve mais de 86.000 compartilhamentos. Além disso, muitas hashtags específicas começaram a surgir e alcançar notoriedade.

Diversas paródias foram feitas, especialmente em cima dos movimentos (muitas vezes engraçados) de dança de Drake, viralizando assim rapidamente, e contribuindo na ascensão do single.

Gênero & Formatos

A imagem pública do cantor ganhou tamanha popularidade que até mesmo quem não gosta ou aqueles que não estão por dentro do cenário musical internacional sentiram-se curiosos em acompanhar tal repercussão na internet.

O viral “Hotline Bling” nasceu com a explosão de memes que foram sendo feitos a partir das piadas em torno dos passos de dança e das expressões faciais do cantor. O rapper adotou um estilo meio “bobo” e “desengonçado” em seus movimentos, algo que não é normalmente visto em clipes de artistas pop em geral.

O meme invadiu as redes sociais, especialmente o Facebook, sendo que quase todos os usuários que curtiam páginas de memes diversos foram atingidos pelo “vírus Drake”.

A música “Hotline Bling” foi usada em vários mashups, incluindo o Nintendo 64 Mashup, em que um usuário do Tumblr publicou um vídeo dele mesmo ouvindo o single e percebendo similaridades entre a faixa com a trilha sonora de vários jogos do console em questão, incluindo a “Lenda de Zelda”, “Super Mario” e “Mario Kart”.

Difusão e Repercussão

Em relação ao videoclipe de “Hotline Bling”, a “SNL” (“Saturday Night Live”), programa humorístico famoso nos Estados Unidos, produziu uma versão da canção com Donald Trump dançando como o Drake.

Os brasileiros também se destacaram produzindo paródias da música no cenário cibernético, através dos canais “Galo Frito”, “meumundominhavida11”, “Vaka Loka TV”, entre outros.

A hashtag #DanceLikeDrake é um meme que ganhou força no Vine, onde as pessoas eram convidadas a dançar como o cantor. No dia 22 de outubro de 2015, havia mais de 500 vines utilizando esta hashtag. Um dos mais populares desses vines foi o publicado pelo usuário Cameron Dallas, com mais de 3 milhões de loops.

Já a hashtag #DrakeAlwaysOnBeat é um meme que se popularizou no Vine e no Twitter. Os usuários manipulavam as cenas do clipe, ao pegar os movimentos de Drake e acrescentar um áudio engraçado ou nonsense ao fundo.

Páginas famosas de memes do Facebook receberam o material pronto da própria gravadora para ser postado, no intuito de viralizar o clipe. Foi uma inteligente ação para utilizar o mundo da internet ao seu favor.

O meme de “Hotline Bling”, isoladamente, possui um hipersignificado. A contextualização catalisa o sentido de um meme. O produto original causou diversas reações em seu público, e este, por sua vez, respondeu a ação com reapropriações – propagando-as na internet.

Interessante observarmos como foi uma decisão inteligente por parte da gravadora e dos produtores de se aproveitarem do espaço virtual para acelerar o processo de popularidade do artista.

O marketing em cima dos memes é mais comum do que imaginamos. E em “Hotline Bling” podemos ver um exemplo claro disso, de como um meme possui um potencial enorme em atrair multidões e dispersar mensagens.

Esse post é uma adaptação do texto de Laila dos Reis Arêde e Rafaela Caamaño,
desenvolvido como trabalho de conclusão do curso de “Comunidades Virtuais”, ministrado pelo professor Viktor Chagas, no curso de Estudos de Mídia, pela Universidade Federal Fluminense.

Ficha técnica

Criador(a)
Desconhecido (a)
País de Origem
Desconhecido
Período de Circulação
desde 2015
Plataforma
Twitter, Instagram Facebook, Tumblr
Formatos
Image macro, Hashtag, Exploitable, Viral
Mídia
Imagem e Texto
Referências
Música Hotline Bling de Drake
Sobre o(a) curador(a) desta coleção
Dandara Bolada
0 entries
0 comments
Name
Dandara Magalhães
About / Bio
Dandara Bolada é mestre e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFF (PPGCOM-UFF), pesquisadora associada do coLAB-UFF e membro do #MUSEUdeMEMES desde sua graduação, quando foi bolsista de extensão do projeto. Como bondosa presidenta dessa nação memética, pesquisa de que forma atores políticos de regimes conservadores censuram a produção de humor em plataformas de mídias digitais. Soberana e poderosa, a Bolada é rainha o resto nadinha. VLWS FLWS
Prev Post

Suricate Seboso

Next Post

Chihuahua Clifford

Logo

About Us

Get Consultation

Contact Us